Desinfecção

TRATAMENTO DE ÁGUAS

LIMPAS

FUROS E POÇOS

INICIO

 

MENU

 

U V

CLORO

Caixa de texto: DESINFECÇÃO POR ULTRAVIOLETA

A radiação ultravioleta faz parte do espectro electromagnético que inclui a luz visível. A luz solar concentrada contém raios UV que é um desinfectante poderoso natural. A energia ultravioleta causa a inactivação de microorganismos interferindo com o seu DNA. Este processo tem como vantagens a não adição de químicos, não alterando o odor e sabor da água e a não produção de subprodutos indesejáveis na água. Este sistema apresenta também a grande vantagem de ser extremamente simples e económico de manter.

O sistema de desinfecção por ultraviolenta é uma unidade compacta que usa uma luz ultravioleta para impedir, sem químicos, e de uma maneira rápida e fiável a eliminação da maiorias bas bactérias existentes na água. Produzindo desta forma uma água potável.

 
BENEFICIOS:
Não deixa gosto ou residual
Água com o seu gosto original
Sistema ambientalmente amigável
Sem produtos químicos
Substitui o cloro como agente de desinfecção primária 
Não agride o meio ambiente, tem tem problemas de stocks
Baixo investimento inicial, bem como reduzidos gastos quando comparados com tecnologias semelhantes como o ozónio
Processo de tratamento imediato não necessita de tanques de armazenamento
Não há adição de produtos químicos na água, não havendo o risco de formação de trihalometanos
Operação automática sem atenção especial ou medições
Compativel com qualquer outro processo para tratamento de água (osmose, reversa, filtação, troca ionica .


Entre os benefícios que o sistema trás em relação ao cloro, por ex., é a facilidade de manejo e dosagem. Fica desligado quando não é necessário só se liga quando for preciso. Os sistemas de esterilização por ultravioleta são utilizados para garantirem método eficiente na desinfecção da água para o consumo humano.
Caixa de texto: DESINFECÇÃO COM CLORO

A desinfecção por cloração consiste em adicionar cloro à água de forma contínua através de uma bomba doseadora. Esta pode ser controlada por uma sonda de cloro, ou simplesmente por um contador de água com emissão de impulsos eléctricos. O tempo de retenção necessário para que o cloro actue e seja feita a desinfecção da água é aproximadamente de 30 minutos. O pH da água, necessário para a estabilização do cloro, deve ser próximo de 7, sendo nesta gama que o poder oxidante é máximo. O cloro, embora necessário à potabilização da água, apresenta a grande desvantagem de reagir com a matéria orgânica, formando-se subprodutos suspeitos de serem carcinogénicos (trihalometanos, cloroaminas, etc.). Desta forma é recomendamos o uso de um filtro de carvão activo ou de um sistema de Osmose Inversa para eliminação destes subprodutos e do cloro.


O Cloro
Para o uso doméstico ou ao lidar com alimentos em restaurantes ou hotelaria é fundamental o uso correto dos produtos que melhor combatem os agentes infecciosos presentes nas águas e verduras.
O hipoclorito de cloro e seu derivado, a água sanitária, são os produtos mais usados para tratamento da água, tratamento de poços ou cisternas, e desinfecção em geral.
Este informativo destaca o uso do Hipoclorito de Sódio e sua forma diluída, a Água Sanitária. Ambos são bastante eficientes na desinfecção de águas para consumo humano, e de seu uso recomendado pela Secretaria de Saúde e pela Organização Mundial de Saúde - OMS, pelo seu poder bactericida e baixo custo.
A escolha de um ou outro produto pode ser influenciada por fatores como disponibilidade dos produtos na região, quantidade utilizada e transporte.


Higiene Alimentar
Lavagem de Verduras, Frutas e Hortaliças
Coloque numa bacia plástica água misturada com Água Sanitária, na proporção de 1 colher de sopa de Água Sanitária para cada litro de água.
Lave as verduras, frutas e hortaliças com água corrente em abundância, agite-as e depois mergulhe-as por 30 minutos na bacia plástica preparada anteriormente.
Lavar novamente com água de torneira para retirar a Água Sanitária.
 
Água Sanitária: Higiene dos alimentos e desinfecção doméstica.
A Água Sanitária é um produto obtido pela diluição de Hipoclorito de Sódio em água, numa proporção de 1 para 5 e estabilizado com cloreto de sódio (sal de cozinha). Esse produto é destinado à limpeza, branqueamento e desinfecção em geral.
A Água Sanitária é conhecida, popularmente pelas expressões: água de lavadeira e cloro líquido, sendo comercializada junto ao consumidor final, através de marcas que chegam a definir o produto: Cândida, Globo, Q.Boa, etc.
A Água Sanitária contém entre 2,0% a 2,5% de cloro ativo e é estável, no mínimo, por seis meses.
  
Acção
Tanto o Hipoclorito de Sódio, que contém 10% a 13% de cloro ativo, como a Água Sanitária, com 2,0% a 2,5% de cloro ativo são muito eficientes no combate a doenças potencialmente transmissíveis pela água, dentre elas as febres tifóides e para-tifóides, a hepatite infecciosa e a cólera.
O combate à disseminação dessas doenças, do ponto de vista bacteriológico, consiste na desinfecção da água ou na eliminação de microorganismos patogênicos.
Caixa de texto: DESINFECÇÃO POR OZONO

Devido ao seu elevado poder oxidante o ozono pode destruir em poucos minutos, tanto bactérias como vírus, sendo o processo de desinfecção cerca de 600 a 3000 vezes mais rápido que com cloro. Embora não necessite de tanto tempo de retenção para efectuar a desinfecção como o cloro, apresenta a desvantagem de não permanecer estável na água. Tem no entanto a grande vantagem pelo facto de possuir um poder oxidante extremamente elevado não criar subprodutos perigosos.

Copyright 2008 Eco-Alcance, Unipessoal, Lda

Todos direitos reservados

OZONO

Caixa de texto: Vamos começar por distinguir Esterilização de Desinfecção.

ESTERILIZAÇÃO

Entendemos por esterilização, ausência de vida. Estando assim incluídos todos os microorganismos viáveis, assim como as formas vegetativas como os esporos, devem ser destruídos para que a esterilidade seja obtida na totalidade. Não se pode admitir conceitos como “quase estéril” ou “parcialmente estéril”, é tudo ou nada. A esterilização deve ser absoluta e rotineira obtida através do uso de uma forma de calor ou de gás esterilizante.

DESINFECÇÃO

Por desinfecção entendemos normalmente a aplicação de formas químicas, germicidas, de forma a destruir  os microorganismos potenciais e não implica a destruição daqueles que são necessários de alguma forma.  Um desinfectante deve ser causar a eliminação ou promover a destruição de microorganismos. 

A desinfecção ao contrario da esterilização, normalmente destrói os organismos de forma vegetativa, permitindo que os esporos permaneçam úteis. Logo a desinfecção nunca equivale a esterilização.

Contador de impulsos