INICIO

 

MENU

 

CLARIFICAÇÃO

TRATAMENTO DE ÁGUAS

LIMPAS

FUROS E POÇOS

Caixa de texto: Noções básicas
A Clarificação das águas é um tratamento físico / químico no qual produtos químicos (floculantes e coagulantes) são adicionados à água para reduzirem os sólidos em suspensão e a turbidez da mesma. A extensão desta remoção de impurezas, depende do equipamento e do tratamento químico empregado na Clarificação.
 Sólidos Suspensos
Sólidos suspensos consistem de partículas insolúveis e de sedimentação lenta. A titulo de ilustração apresentamos, abaixo, alguns exemplos de tempo de sedimentação em função das partículas.

Sólidos suspensos consistem de partículas insolúveis e de sedimentação lenta. A titulo de ilustração apresentamos, abaixo, alguns exemplos de tempo de sedimentação em função das partículas.
 Coagulação
De alguma forma pode-se concluir que um processo de clarificação de água consiste na manutenção de condições físico-químicas tais, que os sólidos suspensos na água são removidos por uma sedimentação.
Todavia, é necessário trabalhar-se em conjunto com as cargas das partículas para se obter um resultado final melhora o processo de alteração de cargas das partículas se chama de coagulação.
Coagulação e o processo de neutralização das cargas negativas das partículas que faz com que as mesmas se Este fenómeno é o agrupamento de micro-aglomerados para formar massas maiores que sedimentarão. 
Pré - Decantação
O processo puro e simples de decantação é aquele aplicado quando a água apresenta sólidos em suspensão em condições de decantar normalmente sem o auxilio do processo de floculação.
Finalidade da Pré-Decantação
A pré-decantação é empregada para separar partículas suspensas de grande tamanho, acima de 10 microns. Para que isto ocorra é necessário que haja um  tempo de retenção, no pré-decantador, suficiente para que ocorra o processo.
O tempo de retenção necessário é calculado considerando-se os seguintes factores:
- Percentagem de remoção de sólidos suspensos.
- Profundidade do decantador.
- Velocidade de sedimentação das partículas.
- Dimensões do decantador.
- Velocidade de passagem da água pelo equipamento.
A velocidade de sedimentação de uma partícula que decanta através de uma distância equivalente a profundidade do tanque decantador, em um período de retenção especifico, pode ser considerado como velocidade de passagem da água.
A expressão utilizada para esse processo é a seguinte:

Tipos de decantadores
Existem dois tipos de pré- decantadores que podem ser mencionados:
- naturais
- construídos
Os pré-decantadores naturais são, geralmente, constituídos por açudes, lagoas, represas, etc. que uma determinada indústria utiliza, sem preocupação de avaliação do perfil de lama, nível do mesmo, ou remoção voluntária da lama.
Os construídos tem, geralmente, formas variadas, com entradas e saídas de água pelos lados menores e um sistema de remocao de lama, formada pelas partículas decantadas.
Resultados esperados
Todo sistema de pre-decantação é empregado quando, e se:- houver disponibilidade de área- a água apresentar turbidez superior a 200 ppm- existir partículas em suspensão maiores que 10 microns de tamanho.
Uma pré-decantação deveria, quando aplicada correctamente apresentar:
- uma água livre de areia e outros sólidos maiores
- uma água com turbidez inferior a 100 ppm.
CLARIFICAÇÃO     
Finalidade
A clarificação propriamente dita é o processo utilizado para remover sólidos em suspensão, quando a pré- decantação não for suficiente para fornecer uma água com as especificações adequadas.
O processo de clarificação envolve duas etapas que são:
- coagulação
- sedimentação
Mecanismos da coagulação
A coagulação resulta de dois mecanismos básicos: a coagulação eletrocinética, onde o Potencial Zeta é reduzido por íons ou colóides de cargas opostas e a ortocinética, onde as miscelas se agregam e formam flocos que aglomeram as partículas em suspensão.
Compostos químicos utilizados
Conforme visto anteriormente para ocorrer a coagulação, é necessária a adição de cátions de alumínio ou ferro.
Os compostos geralmente usados para fornecer estes cátions são sais de reação ácida.
Dados sobre os compostos e a quantidade de alcalinidade consumida, quando estes são adicionados na água, são apresentados a seguir.
A alcalinidade consumida pode ser de procedência natural ou adicionada.

Se a água a ser tratada não tem alcalinidade suficiente, então é necessário proceder-se a adição de um composto alcalino.
A seguir, apresentamos informações relativas a alcalinidade,fornecida por estes produtos.

Copyright 2008 Eco-Alcance, Unipessoal, Lda

Todos direitos reservados